Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails

[Recap] Savard Marca Gol Da Vitória Contra o Flyers, Em Seu Retorno

Resultado (OT)
Bruins 5 x 4 Flyers
Muita adrenalina!!! É assim que posso descrever como foi a minha tarde de sábado, ao assistir a partida entre Bruins e Flyers, válida pelas Semifinais da Conferência Leste.[...]


Sturm Sai Lesionado

Logo no inicio da partida iríamos observar Marco Sturm sair lesionado. Após um hit desferido contra Carcillo nas Boards, o jogador sem motivo aparente, caiu no gelo em dor. Sturm teve que ser retirado do gelo com a ajuda de seus companheiros. Com um dos top goal scorer do time fora o Bruins teria que achar um jeito de colocar o puck logo na rede. Quem o substituiria naquele momento, na linha de Bergeron e Recchi, seria Steve Begin. E quem faria o primeiro gol do Time? Ele mesmo Steve Begin, o substituto. Após um dominio total de puck por parte do Bruins, Recchi receberia o disco, atrás das redes de Boucher e logo faria o que realmente tinha de fazer, mandar o passe para frente da rede. Naquela confusão toda quem acharia o disco seria Begin, que em um rápido Shot já faria 1 a 0 Bruins.

O 2º Gol do Bruins e Savard É Ovacionado Pela Torcida
O Segundo Gol do Bruins sairia em um ganho de Face-off de Patrice Bergeron, que seria aproveitado por Wideman, que logo mandaria um disparo direto da blue line, que resultaria em rebote de Boucher aproveitado por ele mesmo, Patrice Bergeron, que marcaria em um rápido backhand. 2 a 0 Bruins e a arena vibrava como nunca.

Vale ressaltar um dos momentos mais marcantes da partida, foi ter visto Marc Savard ovacionado pela torcida ao tocar pela 1ª vez no disco. Foi um dos momentos que, acredito, vai marcar a vida dele.

2º período De Emoções

Voltamos para o 2º período e quem agora marcaria seria o Flyers com um trabalho excepcional nas boards, feito por Richards. O jogador encontraria Arron Asham, posicionado atrás da rede de Tuukka Rask. Asham tentaria devolver o passe de novo para Mike Richards, mas quem o disco encontrou foi Ryan Parent, na blue line, que mandaria uma bomba, que só pararia no fundo das redes. Mas se você acha que o Bruins iria deixar assim, você está muito enganado. Logo o Bruins marcaria o 3º gol do time, agora em situação de Powerplay, aproveitado por Miro "The Hero" Satan. A jogada iniciou no potente shot de Zdeno Chara que desviaria no defensivo do Flyers e encontraria o stick de Satan, preparado para meter um "High Glove" em Boucher. E foi isso que ele fez e 3 a 1 foi para o marcador.

Porém o que ocorre é que o Flyers demonstrou desde o início que a partida não seria assim tão fácil para o nosso querido Boston Bruins. E ainda no 2º período, o time de Philadelphia, marcaria o seu 2º gol, em situação de Powerplay. Apesar de nosso Penalty Kill ter sobrevivido ao "5 on 3", quando ficamos em situação de "5 on 4" o flyers conseguiu aumentar o marcador com a ajuda de Chris Pronger em um verdadeiro torpedo disparado da blue line. Rask Estava bem posicionado, mas não soube fechar o espaço entre a luva e o pad. Considerei um vacilo do nosso querido goleiro mas devo admitir que é extremamente complicado pegar um disparo de Chris Pronger.

Krejci Marca Um Golaço e Briere Responde Com Outro
Todos esperavam um terceiro período ainda mais eletrizante, e foi isso que ocorreu. Marcaríamos nosso 4º gol de forma brilhante. Lucic passou pra Satan que mandou o shot, o qual geraria rebote aproveitado por Krejci. Agora fala sério, assistam o gol do Krejci e me falem, que obra de arte foi essa !? Com extrema paciência o Tcheco escapou do poke check de Boucher, esperou o goleiro do Flyers abrir o angulo e "Bang" meteu em um Empty Net Involuntário. Mas o Flyers por incrivel que pareça encontrou forças para empatar a partida e levá-la para o OT.

O 3º e 4º gols do Flyers sairiam da criatividade e eficiência de Daniel Briere. O terceiro gol foi marcado por Richards porém em um rebote provocado por uma pressão de Briere e o 4º gol do Flyers foi uma verdadeira obra prima de Daniel. O jogador saiu da zona defensiva até o ataque carregando o puck, passou entre 2 defensivos, aproveitou seu próprio rebote e marcou o gol de empate para Philadelphia.

A Redenção de Marc Savard Em Seu Retorno
Fomos para o Overtime e foi pressão para todo lado. Ataque e defesa, vai e volta, back and fourth, partida eletrizante. Em um shot da blue line de Zdeno Chara, geraria um rebote, disco iria então para o lado direito da zona ofensiva que seria logo dominado por Dennis Wideman. Ali haveria uma penalidade pois o numero #21 do Flyers, Van Ryemsdyk, faria um Slash em Wideman. Nesse momento da penalidade em Wideman, o disco sobraria para um jogador do Bruins que mandaria uma bomba que pegou Boucher completamente de surpresa. Esse jogador esteve 2 meses longe e batalhou muito para seu retorno e finalmente seria premiado pelo seu esforço. Não preciso nem comentar quem foi não é? Ele mesmo, caros leitores, Marc Savard!!!

Confesso a todos que meu coração em vários momentos da partida, disparou a 1000. O time do Bruins está extremamente unido nessa pós-temporada,vêm jogando com uma raça inigualável e um foco inimaginável. A cada segundo no gelo, eles tem honrado essa franquia, sobre o que ela representa e sobre o seu passado de glórias. Vai Boston Bruins Que eu Acredito na Força do Urso!!!!

O Bruins então saiu hoje liderando a série por 1 a 0 e duelará novamente na segunda-feira , às 20 hs, HORÁRIO DE BRASÍLIA, disputando o 2º jogo da série.

Destaques
Destaque para Savard em seu retorno. Para a linha Lucic-Krejci-Satan, que destruiu tudo hoje. Destaco o time inteiro pois todos os jogadores derramaram suor e sangue no gelo para que o time conseguisse dar mais esse passo, no caminho da Stanley Cup

Clique Aqui Para Assistir Os Melhores Momentos

http://img42.imageshack.us/img42/1869/transparentad.png