Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails

Em Mais Uma Atuação Patética, Bruins é Derrotado pelo Canadiens de Virada

Boston Bruins 2 x 3 Montreal Canadiens (OT)
20 Minutos. Esse foi o tempo máximo que esse time do Bruins conseguiu jogar nessa partida. O restante do jogo foi marcado por um desempenho vergonhoso do time de Boston, jogando um Hockey Passivo e retranqueiro, que nada mais é do que a cara de seu próprio treinador.[...]

Com um fraco 1º período, o Bruins não produziria grandes chances e o canadiens criaria as principais jogadas, porém nenhum gol seria marcado.

No 2º período o Bruins viria muito melhor e logo o gol sairia. Belíssima jogada do time na zona ofensiva, com destaque para o passe preciso de Marchand, que encontraria Wheeler desmarcado, e o passe de Blake Wheeler que seria ainda mais espetacular, achando Patrice Bergeron atacando a rede. Com um toquinho, Bergy colocaria o puck pra dentro e abriria o placar da partida.(1-0 Bruins).

Aos 07:30, Bruins conseguiria o seu 2º gol na partida e novamente seria marcado por Bergeron. Destaco o belíssimo trabalho de distribuição de puck na zona ofensiva, a brilhante atuação de Mark Recchi no trabalho em frente da net e destaco ainda mais a percepção de Bergeron que com rapidez acharia o puck e colocaria novamente dentro das redes.(2-0 Bruins)

No 3º período, o Canadiens teria um gol anulado corretamente pela arbitragem. Na verdade a chamada no gelo foi de "No Goal", tendo ela permanecido após o Video Review, realizado pela arbitragem. Na jogada o stick de Darche estaria claramente acima da crossbar, portanto foi correta a decisão da arbitragem.

Quem dominaria esse período seria o time de Montreal, enquanto o Bruins permaneceria com uma postura exclusivamente defensiva, visando apenas manter o placar. Nos últimos 3 minutos, Ryder cometeria uma estúpida penalidade(tripping) e daria a chance ao Canadiens no Powerplay. E Tim Thomas, apesar de até então ter realizado uma sólida partida, seria pego de surpresa por um disparo despretencioso de Scott Gomez que acabaria entrando pelo 5 hole do goleiro de Boston, que não esboçara nenhuma reação no lance.(2-1 Bruins)

Nos segundos finais da partida, o Canadiens conseguiria empatar o jogo. Após um disparo realizado por Wisniewski direto da blue line, Gionta desviaria o puck que terminaria no fundo das redes, incendiando a torcida do Habs no Bell Centre. (2-2)

O gol de empate do Canadiens foi a prova pura de incompetência por parte do Bruins. É impressionante como um time, em 60 minutos de jogo, consegue efetivamente jogar apenas míseros 20 minutos, enquanto no restante da partida, desempenhar um Hockey passivo, retranqueiro, jogando sem a mínima paixão.

No Overtime, o time do Canadiens conseguiria marcar com Max Pacioretty em um belo disparo da blue line, selando a vitória do Montreal Canadiens sobre o time do Boston Bruins.

É importante ressaltar que Tim Thomas não teve uma partida péssima. Apesar disso, eu devo criticá-lo pelo 1º gol por ele cedido. É certo que os jogadores do Bruins praticamente não entraram no gelo no 3º período, colocando assim toda a responsabilidade de manter o placar nas costas de seu goleiro, mas em nada justifica o erro horroroso de Thomas nesse lance. Mas analisando no quadro geral, Thomas teve uma boa partida terminando com 39 defesas em 42 disparos.

No outro lado do gelo, Carey Price também teria uma sólida partida, tendo terminado o jogo com um total de 27 defesas em 29 disparos.

Destaques: Destaco a atuação de ninguém. Bergeron teria um bom 2º período, assim como todo o time do Bruins, mas também sumiria no restante do jogo.

http://img42.imageshack.us/img42/1869/transparentad.png