Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails

Marc Savard Entrega o Jogo e o Bruins Perde Para o Minnesota Wild

Boston Bruins 1 x 3 Minnesota Wild
Tuukka Rask não seria capaz de salvar a pele do Bruins.Com um desempenho medíocre do time, Marc Savard terminaria a partida como um dos principais responsáveis pela derrota. [...]




No primeiro período não veríamos a rede balançar.

No 2º período quem marcaria primeiro gol seria o time do Wild. Após uma penalidade injustamente aplicada a Shawn Thornton, o Minnesota iria para o powerplay e após um ganho de faceoff, Havlat acertaria um belo backhand que encontraria o ângulo superior de Rask.(1-0 Wild)

Aos 09:10, o Bruins chegaria ao seu gol de empate após um intenso forecheck exercido por Patrice Bergeron na zona ofensiva. Com o puck sob seu domínio, Bergeron mandaria um rápido disparo que após rebote cedido por Theodore sobraria para Steve Kampfer que selaria seu 3º gol na temporada.(1-1)

No 3º período, o Wild faria seu 2º gol após um turnover ridículo cedido por Marc Savard. Nesse lance, Savard tentaria realizar um passe de sua zona defensiva para a neutral zone, mas o nosso center erraria feio e o puck acabaria sobrando para Clutterbuck que não desperdiçaria o presente. (2-1 Wild)

O Minnesota ainda faria mais um gol, em situação de empty net, tendo sido marcado por Koivu.(3-1)

Péssima partida do Bruins. O time não conseguiu se encontrar ofensivamente. Marc Savard, após presentear o Wild com o seu gol da vitória, seria retirado do gelo por Julien e Seguin ocuparia sua posição na Top Line. Savard apenas voltaria ao gelo nos segundos finais quando o Bruins iria para o tudo ou nada no empty net. É importante ressaltar que a arbitragem teve um desempenho extremamente duvidoso. O primeiro lance em que a arbitragem prejudicaria o Bruins aconteceria na penalidade aplicada a Shawn Thornton, que geraria o powerplay que seria aproveitado pelo Wild no primeiro gol da partida. Outro lance que foi um erro explícito da arbitragem aconteceria nos minutos finais do 3º período quando Zdeno Chara teria seu stick segurado pelas mãos do adversário. Um holding escancarado que a arbitragem faria vista grossa e deixaria passar. Mas independente de influência da arbitragem ou não, no resultado final, o fato é que o Bruins não jogou bem e mereceu a derrota.

Tuukka Rask seria o único jogador do Bruins que eu realmente poderei destacar na partida tendo realizado incríveis defesas, terminando a partida com 31 defesas em 33 disparos. Para o lado do Wild, Theodore teria também uma sólida partida, terminando o jogo com 35 defesas em 36 disparos.

Destaques: Apenas Tuukka Rask.

http://img42.imageshack.us/img42/1869/transparentad.png