Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails

Em Partida Eletrizante, Bruins Cai Perante o LA Kings Nos Shootouts

Boston Bruins 3 x 4 Los Angeles Kings
Emoção e Euforia são duas palavras que expressam o que sentimos ao assistir essa partida de sábado entre o Boston Bruins e o Los Angeles Kings. Apesar de estar perdendo por 3 a 1, o time de Boston conseguiria empatar e levar a partida ao Overtime, porém sucumbiria nos Shootouts perante o time de Los Angeles.[...]


Injustiça. Essa é a palavra que eu posso utilizar para descrever todo o 1º período. Digo isso pois o time de Boston metralharia o gol de Jonathan Quick com 14 disparos e não conseguiria em nenhum momento achar o fundo das redes. Logo no início da partida, o Bruins já demonstraria que não seria derrotado tão facilmente nessa partida e logo aos 19:16 do 1º período, Michael Ryder acertaria o puck na trave de Jonathan Quick. Ouviríamos novamente o barulho ensurdecedor da trave aos 7:40, em uma tentativa agora realizada por Milan Lucic. Mas quem conseguiria achar o caminho do gol seria o time do Los Angeles Kings que marcaria seu primeiro gol na partida com um rápido wrist-shot enviado por Brad Richardson, que encontrava-se praticamente sozinho, tendo em vista que Boychuk não conseguiria acompanhá-lo no lance. Lembrando que esse seria o 1º disparo do Kings contra o gol de Thomas e ele cederia um gol que considerei completamente defensável. Após ter levado esse gol, percebi que Tim Thomas começaria a cometer erros infantis principalmente no puck-handling. Aproveitando esse momento de fragilidade defensiva de Boston, o Kings marcaria novamente, agora tendo sido assinado por Michal Handzus, após aproveitar um rebote gerado pelo bloqueio de Bergeron no disparo de Drewiske. É dessa vez não tem como culpar Thomas pois ele estava completamente encoberto no lance e não teve nenhum suporte defensivo no controle de rebotes.

No 2º período, apesar de novamente termos começado bem, o Bruins levaria mais um gol do Kings em um vacilo absurdo da defesa. Mas aqui devo dar mérito também ao time do Kings que com a roubada de puck, Williams conduziria o ataque do time de Los Angeles em uma situação de 3 on 2. Williams acharia Stoll postado em boa posição e faria a assistência que resultaria no 3º gol do Kings na partida.

Porém aos 15:30 do mesmo período, finalmente o Bruins conseguiria achar o fundo das redes. O 1º gol do Bruins seria marcado por Blake Wheeler e não seria um gol, digamos assim, bem trabalhado. Para falar a verdade foi um gol de pura sorte onde o puck acabaria estranhamente entrando pelo 5 hole de Jonathan Quick. O 2º gol de Boston sairia em um Delayed Penalty provocado por um shift extraordinário de nossa 4ª linha. Tão extraordinário foi aquele shift que o Bruins não necessitaria nem entrar no powerplay para encaixar mais um gol na net do Kings. Com assistências de Shawn Thornton e Brad Marchand, Greg Campbell encontraria o ângulo esquerdo do gol de Quick fazendo assim 3 a 2 na partida. Ressalta-se que esse 2º período seria caracterizado por um grande equilíbrio entre ambas as equipes, tendo o Bruins finalizado com um total de 8 disparos contra o gol de Quick, enquando o Kings conseguiria disparar 10 vezes contra Tim Thomas, que por sinal jogava um período muito melhor em comparação ao 1º período da partida.

O 3º período seria quase que completamente dominado pelo Black & Gold e para a nossa alegria conseguiriamos finalmente empatar a partida, em um gol de Powerplay marcado por Patrice Bergeron, com assistências de Blake Wheeler e Mark Recchi. O TD Garden então explodiria em euforia e o time responderia no gelo pressionando ainda mais o time de Los Angeles.

A partida acabaria indo aos Shootouts, após ter passado por um Overtime improdutivo. Ambos times precisariam de 6 rodadas para que finalmente soubéssemos quem sairia vencedor do jogo. Eu não sei se os goleiros que estavam tão ótimos assim, que acabavam confundindo os jogadores, ou se na verdade foi imcompetência por parte de ambas as equipes. Acredito que em algumas cobranças realmente não teriam sido os goleiros os responsáveis pelo puck não entrar, dentre elas cito as tentativas de Lucic e Krejci que foram simplesmente entregues ao Quick. Enfim, na 6ª rodada dos Shootouts, Handzus faria o gol que daria a vitória ao time de Los Angeles

Thomas apesar de não ter tido um bom 1º período, se recuperaria nos demais períodos, tendo ele realizado importantíssimas defesas no decorrer da partida, terminando o jogo com 23 defesas em 26 disparos, enquanto Quick terminaria o jogo com 38 defesas em 41 disparos.

Destaques: Destaco as atuações de Patrice Bergeron, David Krejci e Zdeno Chara que realizaram uma partida bem ativa nessa noite de sábado.


http://img42.imageshack.us/img42/1869/transparentad.png