Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails

Tragédia em Boston Adia Partida entre o Boston Bruins e o Ottawa Senators

O presidente do Boston Bruins, Cam Neely, emitiu nota, nessa fatídica tarde de segunda-feira, adiando a partida que seria realizada nesta noite nas dependências do TD Garden, na cidade de Boston, Massachussets. Tal decisão se deu em virtude de suposto atentado terrorista que deixou, até o presente momento, 3 mortos e mais de 100 feridos. 




Em nota publicada no site oficial do clube, Cam Neely disse: 

"Após consulta aos oficiais do Estado e da NHL, nós, de forma uníssona, decidimos adiar o jogo desta noite. Os órgãos de segurança da Cidade e do Estado ainda estão em busca de maiores informações sobre os eventos que ocorreram hoje, sendo vital que eles tenham todas as fontes disponíveis para que realizem a investigação. Os pensamentos e as orações de toda a equipe estão com a cidade de Boston e com todos aqueles que foram atingidos pela tragédia de hoje." 

A Notícia do Suposto Atentado e sua Repercussão


Duas explosões coordenadas atingiram a linha de chegada da maratona de Boston, na tarde desta segunda-feira. Houve um incidente também, pouco depois, na biblioteca pública John F. Kennedy, na mesma região. Segundo a polícia, o elo entre os casos ainda está sendo investigado.

Pelo menos um quarto artefato teria sido encontrado nas proximidades e detonado, de forma controlada, pelos integrantes do esquadrão antibombas da cidade. Não há, porém, confirmação de sua possível relação com as primeiras explosões.Por enquanto, a polícia confirma a morte de três pessoas. Cerca de cem ficaram feridas.

O Hospital Geral de Massachusetts está tratando 19 feridos --seis em estado gravíssimo e cinco em estado grave. Segundo o chefe do serviço de emergência do hospital, alguns feridos tiveram membros amputados no momento da explosão. Outros feridos foram levados para o Centro Médico Tufts. Por meio da TV, a polícia fez um apelo aos moradores da cidade para que permaneçam em casa ou retornem aos seus hotéis e evitem locais com grandes concentrações de pessoas. Segundo a agência de notícias AP, um oficial disse que o serviço de celulares em Boston foi derrubado intencionalmente, para evitar potenciais detonações remotas de explosivos.

O jornal "New York Post" informa que um cidadão saudita de 20 anos foi preso suspeito de envolvimento no caso. Ele teria sofrido graves queimaduras e estaria internado em um hospital da cidade. Segundo o departamento de polícia de Boston, as primeiras explosões ocorreram por volta das 14h50 (15h50 em Brasília), na Boylston Street, ponto final do percurso da maratona, cerca de três horas depois da chegada dos vencedores. O local, porém, ainda estava cheio de participantes e torcedores. Quase duas horas após as primeiras explosões, a polícia afirma que a situação ainda está "em andamento". A ocorrência na biblioteca foi registrada às 16h12, no horário local, de acordo com a polícia. Não há vítimas ou feridos relacionados a ela, até o momento.

Fonte: FolhaSP



http://img42.imageshack.us/img42/1869/transparentad.png