Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails

Em jogo equilibrado, Rangers vencem fora e derrubam sequência de 4 vitórias dos Bruins

Bruins 2 x 3 Rangers

Na volta de Tuukka Rask ao gol depois de quatro jogos e na segunda partida no TD Garden nesta temporada (a terceira como mandante, pois a primeira foi em Praga-República Tcheca), os Bruins encararam ontem o NY Rangers (velho rival de Original Six) visando manter a sua série de 4 vitórias consecutivas (em todas elas com Thomas no gol) e manter o bom ritmo de início de temporada. Como sempre, analisarei período por período a partida e depois darei a minha opinião. Vamos nessa: [...]

1º. Período: Nos quatro primeiros minutos, basicamente foi mais para cada time conhecer o adversário com muitos passes nos lados defensivos e pouco incômodo para os goleiros na área de ataque. A partir daí o jogo começou a esquentar. Mark Stuart, visando impedir a penetração do ataque dos Rangers, comete um forte (e legal) hit em Fedotenko perto do banco de sua equipe. Pronto... foi o suficiente para Sean Avery tomar as dores do companheiro e partir para a porrada contra o Stuart. No final de tudo isso, foi (disparada) a melhor briga da partida, Stuart foi punido por 5 minutos e Avery por (inacreditáveis) 17 minutos por ter causado toda a confusão. Depois, Boychuk causaria apreensão para a equipe por ir aos vestiários com suspeitas de contusão no antebraço depois de ser atingido pelo taco do Dubinsky, mas para o nosso alívio o defensor não teve mais problemas, porém não voltou mais para o jogo. Ainda haveria mais duas brigas neste período (e na partida também) entre Thornton e Boorgaard e entre Lucic e Prust mas sem maiores emoções. Voltando à partida, o Bruins teve ótimas chances nos momentos de powerplay neste período, mas justificou mais uma vez a sua ineficiência nesta partida e pagaria por isso mais tarde. Depois de perder um gol com Fedotenko e possuir o powerplay (devido ao tripping de Seidenberg), Dubisnky, após o ganho de um face-off, dispara o wrist shot e no rebote de Rask, Anisimov em um lance questionado pelos juízes faz o primeiro gol da partida para os Rangers. E o pior estava ainda por vir... menos um minuto depois do primeiro gol, Frolov dispara o chute, o puck acaba se espirrando e sobe, Mark Stuart tenta segurar com a luva, não consegue, Rask ainda tenta consertar a besteira do defensor mas o disco entra no gol (que é creditado ao Frolov) coroando mais uma bizarrice de nossa defesa (como diria Milton Leite... Que Beleza!!!). Após uma série de pênaltis e lances de ataques de ambos os lados, Boston retoma o powerplay em 5-3 e parte para o ataque no minuto final do período, pressionando o gol do Lundqvist. E tudo isso, claro que daria em uma recompensa... a menos de quatro segundo para o final, Horton passa por de trás do gol para Recchi que devolve para Chara que dispara o gol (lembrando que Bergeron desviou-se do chute) e o com isso, marca o primeiro gol do Black & Gold na partida, antes do final do período.

2º. Período: Com menos de um minuto de jogo, Staal volta ao gelo depois de cumprir a sua punição. E o que isso tem a ver com isso??? Enquanto voltava para o jogo a pressão do ataque dos Bruins continuava e quando Chara para Recchi perto da blue line, Recchi tenta dominar, perde o domínio do puck, e Staal (que mal tinha acabado de voltar ao gelo) ganha o disco, parte sozinho para o ataque, Chara e Rask nada podiam fazer e os Rangers, que passaram sufoco no começo do período, retomavam a vantagem de dois gols com o 3x1. E depois de um tempo de ataques dos dois times, Seidenberg passa o puck para Kreijci que ficaria em um “beco sem saída” com dois defensores à sua volta. Ficaria, pois simplesmente soltou um passe pelo meio de suas pernas com perfeição para Nathan Horton, que tira de Lundqvist, chuta no lado direito do gol e bota o TD Garden para ferver, com o segundo gol dos Bruins, e colocando a equipe de novo na partida. Depois disso, alguns lances de ataque em ambos os lados, alguns penalidades, mas nada que teve impacto que pode ser decisivo para o destino do jogo.

3º. Período: No terceiro período a pressão para cima dos Rangers em busca do empate continuou (apesar de estar em Penalty Kill devido a dupla penalidade de Campbell), mas Lundqvist continuava em noite inspirada e tendo que suportar os contra-ataques adversários. Os lances de maior perigo foram uma defesa sensacional do goleiro do Rangers em tiro de Wheeler e duas defesas de Rask em chutes de Girardi e Callahan nos momentos de powerplay dos Rangers. No minuto final a pressão do Boston aumentou, Rask deixou o gol para a entrada de mais um atacante, mas os Rangers seguraram o resultado e garantiram a segunda vitória seguida na temporada e mais uma vitória contra os Bruins no TD Garden.

Análise geral: A equipe teve uma boa partida no geral e poderia ter saído com a vitória neste jogo, mas as falhas defensivas (principalmente com o Stuart e Recchi nos dois últimos gols do Rangers) e a boa atuação de Lundqvist (que foi o melhor jogador desta partida segundo a NHL) segurando os ímpetos do ataque dos Ursos foram decisivos para a segunda derrota na temporada do time Black & Gold. Rask ainda não apresentou a segurança e eficiência apresentadas na última temporada (quando desbancou Tim Thomas no gol durante boa parte da temporada regular e nos Playoffs) e apresentou diversas gafes como errar nos passes na área traseira do gol, facilitando o ataque adversário (lembro que ele já tomou um gol assim contra os Canadiens desta forma) e até poderia ter evitado o segundo dos Rangers, mas não teve culpa nos demais gols do adversário. Chara e Horton, na minha opinião, foram os melhores dos Bruins na partida com suas atuações no ataque marcando os dois gols da equipe, aproveitado as oportunidades criadas principalmente em momentos de Powerplay.

Campanha: 4-2-0, 8 pts.
Classificação: Divisão Noroeste: 3º / Conferência Leste: 7º / Liga: 13º
Próximo jogo: Toronto Maple Leafs, Quinta-feira dia 28/10 às 21h00 no horário de verão de Brasília, no TD Garden em Boston, Massachusetts.


http://img42.imageshack.us/img42/1869/transparentad.png