Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails

Novamente errando em momentos cruciais, e o Bruins sai derrotado e complicando a situação na série contra o Canucks

Boston Bruins 0 x 1 Vancouver Canucks
Bruins viajava para o Canadá tentando virar a série contra o Canucks. Savard e Horton, contundidos, seriam as ausências.[...]


Primeiro Período. Domínio do Bruins. O time esteve bastante focado e pressionando sempre a transição do Canucks, que teve poucas chances ofensivas. A melhor chance do Bruins veio em um breakaway onde Kelly acertou a trave de Luongo. Os special teams estiveram péssimos, não conseguindo converter nenhuma de três oportunidades no man advantage e em jogos apertados, fica complicado não conseguir aproveitar essas situações.

Segundo Período. O Canucks jogou ligeiramente melhor. Após o domínio do Bruins no primeiro período, o time canadense passou a jogar com mais velocidade e assim evitou o forecheck do Bruins. Ofensivamente ambos os times tiveram boas chances, mas tanto Thomas quanto Luongo estiveram bem atentos.

Terceiro Período. O Bruins voltou a pressionar o Canucks, mas o time voltou cometendo muitos erros na defesa. Em três minutos, o Canucks teve duas grandes chances de gol por causa disto e aos 4min35s, erro de marcação de Lucic na neutral zone e acaba acontecendo o gol do Canucks. O time passou a pressionar ainda mais o Vancouver, mas Luongo esteve bem e não permitiu a reação do Bruins. Placar final, Bruins 0-1 Canucks.

Análise Geral. O placar não refletiu o jogo, pois o Bruins foi o melhor time no gelo, mas em séries bastante equilibradas, como essa, um time não se pode dar o luxo de desperdiçar tantas oportunidades como o Bruins fez. Quatro powerplays e um breakaway que poderiam ter sacramentado logo cedo à vitória e desatenção na defesa, custaram o jogo e o risco da derrota na disputa pelo título da Stanley Cup. Lucic teve noite irreconhecível, não ajudando no ataque e ainda cometendo o erro que levou ao gol do Canucks. Julien foi muito mal também, ao deixar Seguin praticamente o jogo inteiro no banco de reservas, optando por utilizar Campbell no powerplay, ao invés do rookie. A defesa esteve bem nos dois primeiros períodos, mas foi um desastre no terceiro, cometendo muitos erros infantis. O penalty kill esteve bem, evitando o gol em três oportunidades e o powerplay passou em branco em quatro oportunidades.




Próxima partida, segunda-feira, às 21h de Brasília no TD Garden em Boston, sexta partida válida pelo título da Stanley Cup.

http://img42.imageshack.us/img42/1869/transparentad.png